Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




LogaBrasil
 


Ações da Zynga são suspensas na Nasdaq após caírem 13,30%

 

 

As ações da empresa de jogos on-line, Zynga, foram suspensas na Bolsa de Nova York nesta sexta-feira (18) após apresentarem queda de 13,3%. As ações da companhia seguiram o recuo dos papeis do Facebook, que caíram após forte alta na estreia em bolsa.

Os papeis da Zynga, fabricante de populares aplicativos usados pelo Facebook e em outras redes sociais, como “FarmVille” e “CityVille”, suspenderam suas operações cotadas a US$ 7,17.

As ações do Facebook estrearam nesta sexta-feira (18) na Nasdaq, bolsa de valores de empresas de tecnologia em Nova York, operando em alta. Às 12h35 (horário de Brasília), apenas minutos após a abertura dos negócios, os papéis, negociados com o símbolo FB, subiam 12%, a US$ 43 – o valor previsto inicialmente era de US$ 38.

Houve um atraso de pouco mais de 30 minutos para o início das vendas dos papéis. Logo após a abertura, a companhia já era avaliada em US$ 117,82 bilhões. Por volta das 12h50, os papeis estavam sendo vendidos a US$ 38,12, uma alta de 0,31% em relação ao valor inicial da ação.

Enquanto o Facebook subia, outras empresas de internet tiveram quedas neste início de tarde. Por volta das 12h40, o LinkedIn caia 2,6%; o Groupon, 6%; o Pandora, 5% e o Yelp, 3,2%, segundo informações do "Wall Street Journal".

Mark Zuckerberg, president-executivo do Facebook, toca o sino na abertura da Nasdaq nesta sexta-feira (18) (Foto: AP)Zuckerberg, president-executivo do Facebook, toca o sino na abertura da Nasdaq nesta sexta (18) (Foto: AP)

Abertura
Na abertura dos negócios, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, postou em sua página na rede social: "Mark Zuckerberg listou uma empresa na NASDAQ. — com Chris Cox e outras 4 pessoas".

Na oferta inicial de ações – que não ocorre em pregão – as ações foram vendidas a US$ 38. Com este valor por ação, a companhia foi avaliada em US$ 104 bilhões e pode levantar pouco mais de US$ 16 bilhões no processo de oferta pública inicial (IPO, em inglês) – o maior já arrecadado por uma empresa de internet nos Estados Unidos.

Facebook apresentou seus documentos para realizar o IPO ao órgão regulador dos mercados norte-americano no início de fevereiro. A faixa de preço inicial de ações estimada pela companhia foi de US$ 28 a US$ 35, mas o valor acabou aumentando para uma faixa de US$ 34 a US$ 38 e estabelecido no número mais alto. Nesta semana, a empresa também anunciou que oferecerá 25% a mais de ações do que havia previsto.

Durante o período, Zuckerberg também teve que responder a críticas envolvendo a aquisição do Instagram, por US$ 1 bilhão, e da startup Glancee. O executivo foi criticado por, segundo o "Wall Street Journal", ter negociado a aquisição do Instagram por conta própria e avisado o conselho da companhia da movimentação apenas no dia 8 de abril – a compra foi divulgada na imprensa no dia 9 de abril.

Entre as instituições envolvidas na oferta do Facebook estão Morgan Stanley, JP Morgan, Goldman Sachs, Bank of America, Barclays e Allen & Co. O banco de investimentos brasileiro Itaú BBA também está entre os coordenadores da oferta pública inicial do Facebook.

 

 



Escrito por LogaBrasil às 17h32
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]